ASCEA presente no Lançamento da 75ª SOEA – 19.04.2018 – Maceió/AL

O Sistema CONFEA/CREA-SC promoveu, na noite desta quinta-feira (19.04.2018), na Associação Comercial de Maceió, o lançamento da 75° Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (SOEA). 

A ASCEA esteve representada pelo seu Presidente, Eng. Civil Sérgio Augusto Becke , e pelo seu Vice-Presidente, Eng. Eletr. Evânio Ramos Nicoleit, que esteve, na condição de 1o. Tesoureiro do CREA-SC juntamente com a 1.a Vice-Presidente do CREA-SC, Eng.a Civil, Sanit.a e Amb. Roberta Mass dos Anjos, acompanharam o Presidente do CREA-SC, Eng. Agrôn. Ari Geraldo Newmann na 2.a Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema CONFEA/CREA.

Fonte:

CONFEA – Conselho Federal De Engenharia e Agronomia. “Uma noite de esperança para a engenharia”.  http://www.confea.org.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=22734&sid=10

 

 

2a. Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema CONFEA/CREA – 18.04.202018 – Maceió / AL

A 2a. Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea está acontecendo 18.04.2018 a 20.04.2018 em Maceió/AL. Entre os informes e assuntos pautados destacam-se Livro de Ordem Nacional; ART Nacional; Fiscalização; Criminalização do exercício Ilegal da Profissão; Propostas para a Nova Lei de Licitações; Diárias, Jetons e Verbas de Representação; Posicionamento do Plenário contra a Privatização do Sistema Eletrobás; Audiência no Ministério do Trabalho – sobre a Reciprocidade para o Exercício Profissional no País e fora do País; Inserção Internacional; Reuniões com Órgãos de Controle – TCU e CGU; Conselhos dos Técnicos e Convênio com a ABNT.

A Reunião conta com a presença do Presidente do CREA-SC, Eng. Agrôn. Ari Geraldo Newmann, do Conselheiro Federal Eng. Agrôn. Evandro José Martins e dos diretores Eng.a Civil Roberta Mass dos Anjos e Eng. Eletr. Evânio Ramos Nicoleit.

Lançamento da 75a SOEA

Às 19h00 de 18.04.2018 Lideranças do Sistema e autoridades participam da solenidade de lançamento da 75ª SOEA – Semana Oficial de Engenharia e Agronomia – que ocorrerá na Associação Comercial de Maceió (AL), a partir das 18h30.

A 75ª SOEA será realizada de 21 a 24 de Agosto de 2018 em Maceió/AL no Centro de Convenções Ruth Cardoso. A Semana Oficial e deve reunir cerca de três mil pessoas em agosto. Entre os espaços, a preocupação em acomodar as diversas atividades do evento, que contemplam reuniões, palestras, minicursos, ExpoSoea e o Congresso Técnico Científico da Engenharia e da Agronomia (Contecc).

CONTECC

O conselheiro federal e coordenador do CONTECC, Fernando Bemerguy, destaca a capacidade que o Congresso tem em aproximar o Sistema da vida acadêmica. Já José Geraldo Baracuhy, que está integrando a diretoria da Mútua e está à frente do CONTEC, informou que no banco de dados do Congresso já constam cerca de dois mil trabalhos no decorrer desses anos. A partir do lançamento do website da 75a. SOEA, em 20.04.2018, os interessados já poderão postar seus trabalhos. O prazo para submissão se encerra no dia 27.05.2018. Baracuhy ainda falou da importância em cada Crea apresentar inovações durante a Semana. “Essa oportunidade de trocar experiências entre as diversas realidades que permeiam os Regionais”.

Fontes

Utilidade Pública – Direito do Consumidor: Disparo Indevido de Alarme Antifurto em Lojas

Você já saiu de uma loja e o alarme começou a tocar? A abordagem nesses casos deve ser feita de forma sutil, caso contrário, fique atento aos seus direitos!

Em caso de disparo desse tipo de alarme, a abordagem deve ser sutil. Do contrário, procure seus direitos – e não esqueça de reunir as provas. Grave a situação com a câmera do celular e garanta a presença de pelo menos duas testemunhas 😉 Confira a matéria especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre o assunto em http://bit.ly/DisparoIndevidodoAlarme

Descrição da imagem #PraCegoVer: Mulher saindo de uma loja de roupas com sacolas na mão. Ela está assustada porque o alarme da loja disparou. Texto: Mas que vergonha! O alarme antifurto da loja disparou? Esse disparo foi indevido? Você foi abordado de forma inadequada pelo comerciante? Houve uma revista constrangedora? Você pode ser indenizado(a) por danos morais, consumidor(a)! CNJ.

Fiscalização de Impacto no Sul de SC percorrerá 47 Municípios – 23 a 27.Abril.2018 – AMREC / AMESC / AMUREL

O CREA-SC promoverá mais uma ação de Fiscalização de Impacto entre os dias 23 e 27 de Abril de 2018, no Sul do Estado de SC, abrangendo as inspetorias de Araranguá, Criciúma e Tubarão. Serão 47 municípios a serem fiscalizados nas diferentes áreas profissionais com a participação de 23 agentes fiscais. As atividades iniciam na segunda-feira dia 23 de Abril de 2018, às 08h00, com uma reunião na Inspetoria de Araranguá, onde serão definidos e distribuídos os roteiros de fiscalização.

Na segunda-feira e na terça-feira os fiscais percorrem os municípios da Inspetoria de Araranguá e na quarta, quinta e sexta-feira os municípios das inspetorias de Criciúma e Tubarão, com a participação dos diretores regionais:

  • Eng. Civil Cesar Antônio Kindermann (Diretor da Inspetoria Regional de Araranguá do CREA-SC);
  • Eng. Amb. Ingo Eugênio Dal Pont Werncke (Diretor da Inspetoria Regional de Criciúma do CREA-SC);
  • Eng. Civil Gil Felix Madalena (Diretor da Inspetoria Regional de Tubarão do CREA-SC);
  • Eng. Civil Laércio Domingos Tabalipa (Superintendente do CREA-SC)

O presidente do Conselho, Eng. Agrôn. Ari Geraldo Neumann participa da reunião de resultados no final da tarde de terça-feira, quando serão apresentados os relatórios e números dos dois primeiros dias de atividades.

As ações de impacto integram o planejamento e metas do departamento de fiscalização com o objetivo de incrementar a atuação dos fiscais em todo o estado, auxiliando na cobertura das regiões com maior demanda, bem como em determinadas áreas de atuação profissional.

De acordo com o gerente de fiscalização, Eng. Agr. Felipe Penter:

“Além de dar visibilidade às atividades do Conselho perante a sociedade como órgão que regulamenta e fiscaliza as profissões nas áreas da engenharia e da agronomia, as ações integradas trazem resultados positivos, suprindo demandas específicas em cada região do estado”.

Segundo ele, a fiscalização atua de forma orientativa e preventiva, esclarecendo sobre a correta interpretação da legislação, prezando pela segurança da sociedade. Sempre que necessário, são emitidos ofícios e notificações, solicitando a regularidade das atividades dentro dos respectivos prazos.

“No caso das obras irregulares, o CREA não tem poder de embargo, mas garante a presença de um profissional habilitado que, mediante a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), assume o compromisso e a responsabilidade sobre o projeto, obra ou serviço”.

Fonte: