Notícias

Aniversário de 140 anos de Criciúma – 06.01.2020

vista-criciuma

Neste dia 06 de Janeiro de 2020, a cidade de Criciúma comemora o aniversário de 140 anos.

Programação Especial do Aniversário de 140 anos do Município de Criciúma

 

Sobre a História

Autoria: Archimedes Naspolini Filho
Fonte: “Criciúma.” Sobre A História. Web. 06 Jan. 2015. <http://www.criciuma.sc.gov.br/site/turismo/p/sobre_a_historia> – acesso em 06.01.2015.

Os Fundadores

Tem-se como oficial a data de 6 de janeiro de 1880 como aquela do início da colonização de Criciúma. Há uma corrente que afirma que os italianos chegaram por aqui no final do ano de 1879. Seis de Janeiro, por ser a data dos Reis Magos e a do aniversário do Cel. Pedro Benedet, um dos imigrantes, foi convencionada como a da chegada dos italianos.

Integrantes de 22 troncos familiares, todos provenientes do Norte da Itália – Vêneto – foram os desbravadores deste município, a saber: Barbieri, Benedet, Billezimo, Casagrande, Dario, Darós, De Lucca, Martinello, Meller, Millanese, Milioli, Netto, Ortolan, Pavan, Piazza, Pierini, Pizzetti, Scotti, Sonego, Tomé, Venzon e Zanette num total de 141 pessoas.

Depois de 30 dias no mar, embarcados no Porto de Gênova, desembarcaram no Rio de Janeiro, baldearam para um outro navio e vieram a Florianópolis. Noutro barco, viajaram até Laguna e, daquele Porto, até Pedras Grandes, então município de Tubarão, em canoas e sobre carroças margeando o rio.

De Pedras Grandes, com o auxílio de carros de boi, cavalos e a pé, viajaram até Urussanga (Rancho dos Bugres) e dali, por picadas abertas por corretores de colônias e aquelas dos tropeiros provenientes do Planalto serrano, rumaram para as colônias que lhes foram reservadas ainda na península itálica.

Em Criciúma, alojaram-se num casarão que permitia – pelo menos – que as mulheres e os mais velhos tivessem um teto para se abrigar. E começou a jornada. Dura jornada que contou com todas as adversidades imagináveis.

Plantaram a semente. Com muitas lágrimas e suor, regaram a planta dessa semente nascida. Deram-lhe o nome de Cresciúma, nome da vegetação gramínea que abundava suas terras centrais.

Numa crônica alusiva à passagem dos 122 anos de sua fundação, (6.1.02) foi sintetizada a sua história assim: “Criciúma festejou mais um aniversário. Daquele 1880 até aqui são passados 122 janeiros. Cento vinte e dois janeiros que comemoram muita luta, muito trabalho, muita fé, muita esperança, muita saudade. Partir para o eldorado prometido e encontrar as adversidades impostas por uma realidade bem diferente, onde tudo estava por ser feito, deve ter sido ‘uma barra’.

Fala-se da presença de índios mas, com certeza, estes foram os que menos incomodaram haja vista que, ao final do Século XIX nossos silvícolas já tinham, praticamente, sido expulsos de todo o litoral. Onças e outros animais silvestres, estes sim em abundância, faziam arrepiar os cabelos dos nossos colonizadores. Os meios de comunicação resumiam-se num caminho de tropeiros procedentes do planalto serrano e daquele percorrido pelos corretores que ganhavam dinheiro mapeando e vendendo colônias. Não havia correio nem telégrafo. Este luxo estava reservado para a praça de Laguna então a metrópole de todo o Sul.

Um misto de muita luta e de muito trabalho deve ter povoado a cabeça de cada um dos imigrantes, homens e mulheres, mulheres e homens que, não tivessem construído o que construíram mereceriam nossas palmas por essa teimosa tenacidade.E a fé. É preciso que nos situemos no tempo para encontrar aquele punhado de gente procedente da mesma região do Norte italiano, economicamente pobres, intelectualmente fracos mas, todos, muito fortes na fé. Fé em Deus a Quem temiam e louvavam na reza de orações que reuniam toda a comunidade numa e noutra casas a cada entardecer. Fé e esperança de que, num futuro não muito distante, a semente que plantassem daria bons frutos.

Sinopse

Fundação – 6 de janeiro de 1880.
Emancipação – 4 de novembro de 1925.
Instalação – 1º de janeiro de 1926.
População: 202.395 habitantes (Fonte: IBGE – 2013)
Eleitores, em três zonas eleitorais: 139.614 (Fonte: TRE – 2012)
Área: 235,627 km2.
Posição Geográfica: 46 metros acima do nível do mar.
Coordenadas Geográficas: 28º40’28″de latitude sul e 49º22’02″de longitude W.GR. Sede da microrregião do carvão e da Associação dos Municípios da Região Carbonífera.

Mais sobre Criciúma em: “Criciúma.” – Wikipédia, a Enciclopédia Livre. Web. 06 Jan. 2015. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Criciúma>.

Parabéns ao Município de Criciúma pelos seus 140 anos !!!


Eleitos na ASCEA os Conselheiros Indicados para a Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA-SC – 02.01.2020

20190102Image1

A ASCEA elegeu na noite de 02.01.200, em sua sede situada à Rua Thomé de Souza, No. 829, na Inspetoria Regional de Criciúma do CREA-SC, os seus novos indicados para Conselheiros da Câmara Especializada de Engenharia Civil, Modalidade Civil, do CREA-SC para para mandato no triênio de 01/01/2020 a 31/12/2022, sendo eleitos o Eng. Civil e Seg. Trab. Denis Assis da Silva (Titular) e a Eng.a Civil Kamila Rodrigues da Silva (Suplente).

A Comissão Eleitoral que conduziu e acompanhou o processo de eleição na ASCEA foi composta pelo Eng. Eletr. Evânio Ramos Nicoleit (Presidente da Comissão Eleitoral), Eng. Mec. Ernani Costa (Presidente de Mesa) e pelo Geólogo e Eng Seg. Trab. Clóvis Norberto Savi.

f6393390-30d9-4b30-bc4a-6c3a3c9acb18

As atribuições das Câmaras Especializadas

As Câmaras Especializadas são os órgãos dos Conselhos Regionais, encarregados de julgar e decidir sobre os assuntos de fiscalização pertinentes às respectivas especializações profissionais e infrações do Código de Ética. Tem a responsabilidade de Julgar os casos de infração de Leis, no âmbito de sua competência profissional específica. Também julga as infrações do Código de Ética; aplica as penalidades e multas previstas e elabora as normas para a fiscalização das respectivas especializações profissionais.

Além disso, aprecia e julga os pedidos de registro de profissionais, das firmas, das entidades de direito público, das entidades de classe e das escolas ou faculdades na Região e opina sobre os assuntos de interesse comum de duas ou mais especializações profissionais, encaminhando-os ao Conselho Regional.

8a4bac58-43a5-45f2-a8ff-ba9c4392ea32

A diretoria da ASCEA agradece a presença de seus associados que participaram deste processo eleitoral demonstrando o comprometimento mútuo entre a associação profissional e seus associados.

Aos conselheiros eleitos, a diretoria da ASCEA deseja sucesso no desempenho das atividades que cargo e função requerem, na certeza de que estarão representando com muito trabalho, dedicação e competência a ASCEA e os profissionais associados, na Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA-SC.



HOMOLOGAÇÃO DAS CHAPAS ELEITORAIS PARA CONSELHEIROS NA CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENG. CIVIL DO CREA-SC – 26.12.2019

HOMOLOGAÇÃO DAS CHAPAS ELEITORAIS PARA ELEIÇÃO PELO VOTO DIRETO PARA CONSELHEIROS PARA A CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA CIVIL DO CREA-SC

A Comissão Eleitoral da ASCEA – Associação Sul Catarinense de Engenheiros e Arquitetos, no uso de suas atribuições estatutárias, após análise das inscrições, torna pública a homologação das chapas eleitorais compostas por dois candidatos (um titular e um suplente), conforme Edital de Convocação de 17 de Dezembro de 2019, para Eleição pelo voto direto para Conselheiros para a Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA SC sendo uma vaga para Conselheiro Titular e uma vaga para Conselheiro Suplente para a Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA SC, de acordo com a Resolução 473/2002 do CONFEA, a Decisão no. PL-1972/2019 do CONFEA exarada em 29 de Novembro de 2019 e Ofício P-04088/19 do CREA SC de 09 de Dezembro de 2019 para mandato para o triênio 2020-2022 – de 01 de Janeiro de 2020 a 31 de Dezembro de 2022.

CHAPA No. 01

Art. 1º. A eleição ocorrerá no dia 02 de Janeiro de 2020, na sede da ASCEA, na Sala das Entidades, situada à Rua Thomé de Souza, 829, na Inspetoria Regional de Criciúma do CREA-SC, das 19h00 às 21h00 tendo como objeto a eleição pelo voto direto para Conselheiros sendo uma vaga para Titular e uma vaga para Suplente para a Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA SC, mandato para o triênio 2020-2022 – de 01 de Janeiro de 2020 a 31 de Dezembro de 2022.

Art. 2º A Eleição será coordenada pela Comissão Eleitoral, excluindo os participantes candidatos a Conselheiros.

Arquivos
[EDITAL Eleição Conselheiros Civil ASCEA.PDF]
[ANEXO – DOCUMENTOS EXIGIDOS PELO CREA-SC AOS CONSELHEIROS.PDF]

Encontram-se à disposição dos associados, na sede da ASCEA, na Sala das Entidades, situada à Rua Thomé de Souza, 829, na Inspetoria Regional de Criciúma do CREA-SC, bem como no seu website (http://ascea.com.br), a íntegra deste Edital e toda a documentação pertinente às matérias que serão deliberadas na ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA da ASCEA com informações acerca: Da Eleição; Dos Votantes; Dos Candidatos; Da Composição e Inscrição das Chapas; Da Votação; Da Posse; Da Comissão Eleitoral e; Das Disposições Gerais.

Criciúma, 26 de Dezembro de 2019

A Comissão Eleitoral
Eng. Eletr. Evânio Ramos Nicoleit – Presidente
Geólogo e Eng. Seg. Trab. Clóvis Norberto Savi
Eng. Mec. Ernani Costa



A ASCEA deseja um Feliz Natal e um Ano Novo de muitas Alegrias.

201912240737

Natal é renascimento, é tempo
de união, paz e reflexão.
E o Ano Novo será um tempo
para acreditar e transformar o
mundo em um lugar onde os sonhos se
tornem realidade.

A ASCEA deseja a todos os associados, familiares e amigos um Feliz e Abençoado Natal, com muita alegria, harmonia e amor. Que o ano de 2020 seja iluminado, repleto de saúde, paz, fé, tolerância, respeito, novos desafios, perseverança e muitas conquistas.

Boas Festas !!!