Notícias

Utilidade Pública – Informações Úteis

1. *Certidões*: Quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperar um tempão na fila. O cartório eletrônico, já está no ar! Nele você resolve essas e outras burocracias, 24 horas por dia, on-line. Copias de certidões de óbitos, imoveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet. Este é um serviço da maior importância. www.cartoriopostal.com.br 

2. *Auxilio a Lista*: Telefone 102, não! Agora é: 08002800102 Vejam só, como não somos avisados das coisas que realmente são importantes. NA CONSULTA AO 102, PAGAMOS R$ 1,20 PELO SERVIÇO. SÓ QUE A TELEFÔNICA NÃO AVISA QUE EXISTE UM SERVIÇO VERDADEIRAMENTE GRATUITO. Não custa divulgar para mais gente ficar sabendo.

3. *Multa de Transito*: No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. E só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.
Código de Transito Brasileiro. Art. 267 – Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito a infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providencia como mais educativa.

4. *Documentos roubados* – BO (boletim de ocorrência) da gratuidade – Lei 3.051/98. A Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2a via de tais documentos como:
Habilitação (R$ 42,97);
Identidade (R$ 32,65);
Licenciamento Anual de Veiculo (R$ 34,11).
Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao Detran para Habilitação e Licenciamento e outra cópia a um posto do IFP.

Workshop do CREAJr-SC em Criciúma discute Dimensionamento e Detalhamento de Laje Protendida – 08.06.2019 – Criciúma / SC

No último Sábado 8 de junho de 2019 na Inspetoria egional de Criciúma do CREA-SC de Criciúma, a Coordenação  Regional de Criciúma do programa CREAJr, juntamente com o seu parceiro, o Centro Acadêmico de Engenharia Civil da Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC, realizou o Workshop de Dimensionamento e Detalhamento de Laje Protendida com o Engº Daniel Venancio Vieira.

Estivaram presentes prestigiando o evento o Presidente do CREA-SC Eng. Agr. Ari Geraldo Neumann, o diretor da Inspetoria de Criciúma do CREA-SC Eng. Amb. Ingo Eugênio Dal Pont Werncke, o 1º. Tesoureiro do CREA-SC Eng. Eletr. Evânio Ramos Nicoleit, o Coordenador Estadual do CDER-SC Eng. Agrim. Valdir Pedro Schneider, além do Coordenador Regional CREAjr Criciúma Giscard de Emerim Sabino e o Representante do Centro Acadêmico Carlos Alberto Feltrin Junior.

O objetivo do CREAjr é promover a inter-relação entre o CREA-SC e os estudantes de cursos de graduação e de nível técnico fiscalizados pelo Sistema CONFEA/CREA no Estado, atuando na aproximação dos estudantes com as Entidades de Classe e o mercado, proporcionando o entendimento do sistema que os futuros profissionais estarão inseridos e conscientizando os acadêmicos quanto à valorização profissional e sua importância na defesa e desenvolvimento da sociedade.

saiba mais em http://portal.crea-sc.org.br/workshop-debate-o-dimensionamento-e-detalhamento-de-laje-protendida-em-criciuma/

ASCEA presente na comemoração do Dia do Engenheiro Agrimensor promovida pela ACEAG – 08.06.2019 – Criciúma / SC

PHOTO-2019-06-08-11-51-20

A Agrimensura é uma das mais antigas atividades humanas na engenharia e consiste no levantamento, medição, divisão e demarcação de áreas. O engenheiro agrimensor executa, orienta e gerencia esta atividade.

 

 
IMG_8404

A ASCEA, que esteve representada pelo seu Vice-Presidente Eng. Civil Sérgio Augusto Becke e pelo Conselheiro Arq. Michel Pacheco Foggiatto, no belíssimo encontro festivo no sábado dia 08.06.2019 em comemoração do Dia do Engenheiro Agrimensor  reunindo profissionais, Diretores, Ex-Presidentes, associados, autoridades e convidados organizado pela ACEAG – Associação Catarinense de Engenheiros Agrimensores – parabeniza a todos os Engenheiros Agrimensores nesta data. O evento ocorreu na Associação Salvaro, no Bairro Rio Maina em Criciúma/SC, próximo a Sideropolis.

 

IMG_8406

Esteve na oportunidade o Presidente do CREA-SC Eng. Agrôn. Ari Geraldo Newman, o diretor da Inspetoria de Criciúma do CREA-SC Eng. Amb. Ingo Eugênio Dal Pont Werncke, O 1º. Tesoureiro do CREA-SC Eng. Eletr. Evânio Ramos Nicoleit e o Coordenador Estadual do CDER-SC Eng. Agrim. Valdir Pedro Schneider, além de Conselheiros Estaduais do CREA-SC.

Aprovado Regimento Interno do Colégio de Entidades Regionais – CDER-SC – do CREA-SC – 07.06.2019 – Florianópolis / SC

Na sexta-feira, 07 de junho 2019, durante reunião complementar de Diretoria do CREA-SC realizada na UniSociesc/Campus Continente em Florianópolis/SC, ocorreu a aprovação do Regimento Interno do Colégio de Entidades Regionais de Santa Catarina – CDER-SC.

O regimento interno aprovado foi construído após intensos debates e interação entre os representantes do CDER-SC, sob a condução do COORDENADOR Eng. Agrim. VALDIR PEDRO SCHNEIDER e da COORDENADORA ADJUNTA Eng. Sanit. Amb. e Seg. Trab. FERNANDA MARIA DE FELIX VANHONI e das 8 coordenações macrorregionais, ouvidas as entidades de classe registradas junto ao Sistema CONFEA/CREA. “Passou de 24 artigos para 42 artigos promovendo avanços necessários e resolvendo casos omissos que não estavam previstos na versão anterior. Este Regimento interno ficará marcado pelo esforço dos integrantes do CDER para superar os obstáculos e promover os avanços necessários para ampliar o estreitamento e o fortalecimento das relações entre as entidades e seus associados e o CREA-SC por meio de ações conjuntas de valorização, capacitação e aperfeiçoamento cultural e profissional.

Na reunião o Coordenador do CDER Eng. Agrim. VALDIR PEDRO SCHNEIDER traçou um histórico do CDER-SC, desde sua criação em 2010 com o nome de Colégio de Entidades de Classe (CEDEC), durante a realização do 10º Congresso Estadual de Profissionais (CEP) e teve seu nome alterado para CDER, em 2012, conforme deliberação do Confea, visando à padronização nacional dos órgãos estaduais junto ao CDEN – Colégio de Entidades Nacionais.

Saiba Mais emhttp://portal.crea-sc.org.br/institucional/entidades-de-santa-catarina/colegio-de-entidades-regionais-de-santa-catarina/