ASCEAWebConf

ASCEA e CREA-SC explanaram na Prefeitura Municipal de Criciúma/SC a necessidade de Legislação Municipal acerca de Inspeção Predial para o Município – 13.Set.2018 – Criciúma/SC

Na manhã de quinta-feira, O Diretor da Inspetoria Regional de Criciúma, Eng. Amb. Ingo Eugênio Dal Pont Werncke e o Presidente da ASCEA, Eng. Civil Sérgio Augusto Becke estiveram no gabinete do Prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, no Paço Municipal, para tratar da lei de inspeção predial. A reunião foi realizada com a Secretária de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana do município, Eng.a Civil Kátia Maria Smielevski Gomes e com o Arq. e Urb. Giuliano Elias Colossi, responsável pelo DPFT – Departamento de Planejamento Físico e Territorial – e DFU – Departamento de Fiscalização Urbana – da Secretaria, que desenvolverão um estudo envolvendo fiscalização e operacionalização acerca da exigência do laudo de inspeção elaborado por profissional capacitado, qualificado, registrado e legalmente habilitado para tal. Por fim, encaminharam a proposta à Procuradoria Jurídica da prefeitura para análise.

Saiba mais em

tecnicosindustriais

CREA-SC presta serviços aos Técnicos Industriais somente até 20.09.2018

tecnicosindustriais

A partir de 21.09 CREA não pode mais prestar serviços aos Técnicos Industriais

No dia 26 de março, o presidente da República Michel Temer promulgou a Lei Federal 13.639/2018, criando o Conselho Federal dos Técnicos Industriais e o Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas e seus respectivos conselhos regionais.

Dessa forma, atendendo ao disposto na Lei e em cumprimento ao Decreto 9461 de 8 de agosto de 2018, a partir de 21 de setembro, o Sistema Confea/Crea está impossibilitado de manter a continuidade da prestação de serviços aos técnicos industriais. Essa responsabilidade passa agora ao Conselho Federal dos Técnicos Industriais.Dessa forma, atendendo ao disposto na Lei e em cumprimento ao Decreto 9461 de 8 de agosto de 2018, a partir de 21 de setembro, o Sistema Confea/Crea está impossibilitado de prestar serviços aos técnicos industriais, passando essa responsabilidade ao Conselho Federal dos Técnicos Industriais. Ressaltamos que permanece, até data indeterminada, a prestação de serviços aos técnicos agrícolas.

 

PHOTO-2018-09-22-07-05-33

Saiba mais em:

5a. jornada Tecnológica Científica – 09a11.outubro.2018 – Cocal do Sul / SC

PHOTO-2018-09-12-13-14-26

Setembro Amarelo – A ASCEA Apoia este Movimento

Para conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos, segundo a Organização Mundial da Saúde. A ASCEA adere ao movimento “Setembro Amarelo”, que acontece em todo o país. Uma ação da sociedade civil organizada com o poder público.

O QUE É?
Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015 em Brasília. É uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV).

OBJETIVO

O objetivo do mês de prevenção do suicídio é conscientizar as pessoas deste problema tão grave, que tira tantas vidas todos os anos. O setembro amarelo é um mês de diálogo. É um mês que busca criar conversas sobre o assunto, deixar as pessoas que sofrem com pensamentos suicidas saberem que elas não estão sozinhas e que a morte não é solução.

O Setembro Amarelo busca salvar vidas através da informação e da conversa sobre este assunto sério que ainda é um tabu.

POR QUE Setembro?

O Setembro Amarelo foi idealizado pelo CVV em 2015 e o mês escolhido é setembro pois é o mesmo mês do Dia Mundial para Prevenção do Suicídio, realizado no dia 10 de setembro.

POR QUE AMARELO?

A cor amarela é usada para representar o mês da prevenção do suicídio por causa de Dale Emme e Darlene Emme. O casal foi o início do programa de prevenção de suicídio “fita amarela”, ou “Yellow Ribbon” em inglês.

Em 1994, Mike Emme, filho do casal, com apenas 17, se matou. Mike era conhecido por sua personalidade caridosa e por sua habilidade mecânica. Restaurou um Mustang 68 e o pintou de amarelo. Mike amava aquele carro e por causa dele começou a ser conhecido como “Mustang Mike”.

Entretanto, infelizmente, aqueles próximos de Mike não viram os sinais e o fim da vida do garoto chegou. No dia do funeral dele, uma cesta de cartões com fitas amarelas presas a eles estava disponível para quem quisesse pegá-los. Os 500 cartões e fitas foram feitos pelos amigos de Mike e possuíam uma mensagem: Se você precisar, peça ajuda.

Os cartões se espalharam pelos Estados Unidos. Em poucas semanas começaram a aparecer ligações. Um professor de outro estado havia recebido um dos cartões de uma aluna, pedindo por ajuda. Diversas cartas chegavam de adolescentes buscando ajuda.

A fita amarela foi escolhida como símbolo do programa que incentiva aqueles que têm pensamentos suicidas a buscar ajuda.

Em 2003 a OMS instituiu o dia 10 de setembro para ser o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, e o amarelo do mustang de Mike é a cor escolhida para representar este sentimento.

PHOTO-2018-09-10-19-56-05

Saiba mais em

https://minutosaudavel.com.br/setembro-amarelo

Utilidade Pública – Ligação para Prevenção ao Suicídio se torna gratuita em todo o País